Avenida Brasil

Avenida Brasil é onde passo quase todo dia

Avenida Brasil é onde faço tanta poesia

 

Todo dia bem cedo ainda meio sonolento

Andando no ônibus ainda meio sonolento

Vejo o vento balançando muitas coisas

E muitos ônibus balançando outras pessoas

 

Que assim como eu passam o dia viajando

Na Avenida Brasil viajando viajando

Viajando em busca de trabalho

Demorando pra chegar no trabalho

Anúncios
Publicado em Letras | Deixe um comentário

Essa mina

Autor Cacau Amaral. Tom D. Intro Bm      A

Bm

Tava de boa sarando a ferida

A

Estava a toa cansado na vida

Bm

Bebendo na esquina aqui e ali

A

Mas essa mina me chamou pra sair

A G F#m

Essa mina me acelerou. Essa mina me acelerou

Bm

Agora a noite ficou agitada

A

Ela ultrapassa pela madrugada

Bm

É um sabor de conhaque maçã

A

Fazendo amor até de manhã

Publicado em Letras cifradas | Deixe um comentário

Essa mina

Tava de boa sarando a ferida

Estava a toa cansado na vida

Bebendo na esquina aqui e ali

Mas essa mina me chamou pra sair

Essa mina me acelerou. Essa mina me acelerou

Agora a noite ficou agitada

Ela ultrapassa pela madrugada

É um sabor de conhaque maçã

Fazendo amor até de manhã

Publicado em Letras | Deixe um comentário

O amor

Autor Cacau Amaral. Tom G

G C

o amor é inseguro quando desce de cima desse muro

Em D C

o amor

G C

o amor causa medo aperta e escorre por entre os dedos

Publicado em Letras cifradas | Deixe um comentário

Eu sei

Autor Cacau Amaral. Tom D

A D Bm A G

Eu não sei se posso dizer que vivo em um mundo justo a valer

A D Bm A G

Correr pular e pensar livre dos que querem me manipular

A D Bm A G

Eu não sei se posso decidir o que fazer com quem andar e pra onde ir

A D Bm A G

Talvez o que eu sempre quis eu posso conquistar o direito de ser feliz

Bm A G A Bm A G A

Eu sei eu sei e posso te dizer o que fazer pra ser feliz

Bm A G A Bm A G A

Lutar lutar e nunca mais parar conquistar o que eu sempre quis

A D Bm A G

O ensino convencional me trata como um marginal

A D Bm A G

Devido a minha classe econômica e social

A D Bm A G

Pra sempre excluído aprendendo a ser bandido

A D Bm A G

Aprendendo o que não presta é o que me resta

Publicado em Letras cifradas | Deixe um comentário

Eu sei

Eu não sei se posso dizer que vivo em um mundo justo a valer

Correr pular e pensar livre dos que querem me manipular

Eu não sei se posso decidir o que fazer com quem andar e pra onde ir

Talvez o que eu sempre quis eu posso conquistar o direito de ser feliz

Eu sei eu sei e posso te dizer o que fazer pra ser feliz

Lutar lutar e nunca mais parar conquistar o que eu sempre quis

O ensino convencional me trata como um marginal

Devido a minha classe econômica e social

Pra sempre excluído aprendendo a ser bandido

Aprendendo o que não presta é o que me resta

Publicado em Letras | Deixe um comentário

O amor

o amor é inseguro quando desce de cima desse muro

o amor

o amor causa medo aperta e escorre por entre os dedos

o amor

Publicado em Letras | Deixe um comentário